quinta-feira, 28 de março de 2013

Save me from my self-destruction


Gotejar .. negro feito petróleo, denso
.. por dentre meus sentimentos, minhas angústias e frustrações.
Estar vivo. morto. Rastejar pelos buracos construídos pelos meus medos, pelas minhas decepções.
Escondo-me do que parece ser o mundo. Mas será que este mundo pode-se dizer de meu?
Não foi assim que minhas vozes me ensinaram.
O que construí foi a terra dos perdidos, estranho frio vazio em meio à escuridão.
Vício em auto-destruição.
-
You go home ..  and you cry ..  and you want to die.
-
Inimigos não são necessários quando sua mente insiste em te destruir. Como alcançar o auto-controle?
Você não é boa o suficiente
Você não foi capaz, você não é capaz
Você errou, erros são inadmissíveis
Você não é bela

Você não é inteligente
Você nunca ... nunca será a perfeição que almeja ser.
-
Volto para meu lugar sem luz. Coração ferido, sangra negro.
Dor, do tipo de dor que o físico não pode resumir .. psíquico, emocional, um delírio agonizante.
Apaixonada pela tristeza, isolada do bem e do mal, me vejo cercada de pessoas que sequer imaginam o que meu sorriso pode guardar.
Eu era importante para você? Eu nem ao menos faço falta.
Errei em depositar o que há de bom em mim em laços fracos, aprendi como as vezes a frieza pode ser uma proteção. Sequei cada gota de afeto, esmaguei cada centímetro de saudade e arranquei cada corrente que me prendia ao estado estático de vítima. Sigo com minhas ataduras em tom ameaçador ..
-
Confusão. Tamanha mistura de coisas ruins me fazem fugir para o lugar que eu sempre acabo voltando .. por mais estável que minha sanidade possa aparentar.
Suicídio, e quem disse que para morrer se é preciso estar vivo?
Guerra constante de auto-críticas, limites, insatisfações ..
.. save me from my self-destruction -

11 comentários:

  1. Goxti... lamuriante como só eu gosto. rsrs

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvidas nós mesmos somos nossos piores inimigos. Meu ser é melancólico, gostei da escrita!
    http://pitadadecinema.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. muito complexo, muito intenso! a vida pode ser bela mas cruel tambem

    ResponderExcluir
  4. adorei seu blog bem dark,me segue la
    http://en4kdos.blogspot.com.br/
    vlw

    ResponderExcluir
  5. Tem hora que nem a gente se conhece, isso pode ser muito ruim mesmo!!!
    Passa no meu blog pra conhecer, se gostar siga que eu sigo tb!!!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir
  6. Ah, como é difícil de responder a tantos questionamentos próprios, não é?
    É como se não soubéssemos responder... mesmo usando todas as palavras cabíveis!

    Já sigo seu blog e gosto muito de seus textos,
    me visite tbm:
    http://dannicaldasempalavras.blogspot.com.br/

    -Abraços

    ResponderExcluir
  7. Ual, que texto forte!
    Adorei :D

    Estou comentando e seguindo, pelo "projeto Com amor por favor, sem flash!"
    Beijinhos,
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa primeira vez que passo aqui e me deparo com este lindo texto? rsrs você é demais ^^
    olha estou seguindo pelo projeto da Sarah.
    Amei o blog Parabéns.
    bjs
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uau, que texto lindo, é de sua autoria? Se for, você já está afiada para escrever a cartinha do projeto hein?! hehe Parabéns. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  10. Caramba vc escreve mto bem *-*
    Adorei !
    O mais difícil msm é conhecer a nos mesmos né??
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir