quarta-feira, 18 de junho de 2014

Um texto escrito, há muito tempo esquecido.

A primeira coisa que a gente pergunta é: Porque?
Hoje já não me importo mais com essa pergunta.
De início .. não tinha tempo para deixar martelar.
Só chorar e seguir ..
E que loucura! Como consegui seguir e agir sem pensar? Eu agi?
(Não fui eu, foi Deus que agiu por mim!)
Não poderia deixá-lo sozinho ..
-
Hoje. Quanto tempo se passou afinal. Pouco, porém longo.
Going and going down. Eu teimo em errar, em piorar. Teimosia.
Eu tenho boas intenções mas vocês sabem .. de nada valem.
Precisa-se melhorar quem és, mas se nada faz ou se nada consegue fazer então para lugar algum você vai.
Que .. confusão.
Quem é quem? O que é real? Eu fiquei louca?
Minha incrível e obsessiva preocupação em não me fazerem de boba é mais um dos motivos para ativar o modo defesa.
Passei a vida toda me defendendo, e afugentando invasores .. unhas e dentes.
Tola, é o que mais repetem.
Tem razão afinal.
Cega.
Ninguém entenderá minhas palavras, ninguém tem que entender nada!
-
Um erro crucial. Sou tão ruim assim?
Egoísta. Outra palavra que massacra meu ser. Por quantos rios eu chorei? Quantas toalhinhas encharquei?
Sei que deveria ir embora, nunca quis lhe fazer mal. Mas não posso abandonar ninguém .. nesse estado.
Apesar de não estar conseguindo nada com a confusão em minha cabeça.
Os passos que dava, não dou mais.
Só sei rodar e rodar em círculos, olhando as mil portas ao meu redor (única coisa que enxergo nesse breu).
 - Não me sinto bem -
"Não vou mais falar com você sobre isso, já és bem grandinha!"
O que fazer?
Talvez tenha errado desde o início.
"Você se vitimiza"
Sim, realmente.
Me pergunto se me falta a dureza de antes .. sinto falta, confesso.
Perdida? óbvio.
- Não me sinto bem -
Pensei em sumir .. devo ser covarde.
Afinal "ele sofre por você" ; "você não dá valor ao amor dele" ; "não se vanglorie nunca disso tudo" ; "você não sabe a dor incalculável que ele passa".
Me atormentam ..
"Eles foram bem claros com você" . Sim, claros. Isso não significa que obtenho da total clareza.
Eu espero não estar louca ..
-
A música que escuto é tão bonita .. faz você perder os sentidos ..
-
Deus me ama ..
"Queria que ele tivesse algo melhor de mim", eu diria. Mas seria de novo vitimização. Viu como sinto falta de minha dureza?
Fora que  .. se eu quisesse que ele sorrisse ao me ver, deveria fazer por onde e não me lamentar.
Todos tem razão: falo muito, faço pouco.
-
Mas já chorei tanto .. já me senti tão mal.
Tão mal ..
Eu não vou voltar, já disse!
(Minha cabeça é estranha. Minha memória é péssima mas não vem ao caso)
-
Não gosto que digam meu nome .. nada de bom vem disso.
Eu não consegui .. sou tão fraca.
Desistência? não. Mas se eu não me mexer .. não precisarei mais decidir.
(Como se eu decidisse algo rs)
-
"Seu tempo está acabando .. você pensa que tem todo o tempo à sua disposição?"
-
"Você não deveria deixá-lo sozinho. Sua .. linda."
-
Queria sumir ..
-
Minha mãe se envergonharia de mim. Que decepção. Desculpa, mãe.